Que tal conhecer algumas ferramentas na hora de desenvolver seu jogo?

Olá! Esse é meu primeiro post para a Vídeos de Ti e estou honrado em fazer parte desse time. Tenho algumas experiências no desenvolvimento de jogos e gostaria de compartilhar um pouco com vocês.

Bom, para esse primeiro post resolvi apresentar de forma simples e sucinta algumas ferramentas utilizadas no desenvolvimento de jogos. São elas:

  • Unreal Engine
  • Construct 3
  • Corona SDK
  • CryEngine
  • Unity

Vejamos cada uma.

Unreal Engine

A Unreal Engine é uma ferramenta criada pela Epic Games que permite desenvolvimento de jogos em 2D 3D. Ela ficou conhecida em 1998 quando foi lançado um jogo, com o mesmo nome da engine, chamado Unreal.

Um dos destaques é que ela possui um ambiente visual chamado Blueprintsque permite programar apenas com ligações entre nós de funcionalidades, possibilitando criar jogos mesmo sem ter um conhecimento avançado em programação.

O Unreal Engine permite que você implemente projetos no Windows PCPlayStation 4Xbox OneMac OSiOSAndroidVR (incluindo, mas não limitado a SteamVR / HTC Vive, Oculus Rift, PlayStation VR, Google VR / Daydream, OSVR e Samsung Gear VR), LinuxSteamOS HTML 5.

Um ponto positivo para essa engine é que as ferramentas e os códigos dos consoles Xbox One, PlayStation 4 e Nintendo Switch estão disponíveis sem custo adicional para os desenvolvedores registrados para suas respectivas plataformas.

Atualmente a Epic Games mudou o modelo de assinatura que custava US$19por uma versão totalmente gratuita que funciona de uma maneira mais sofisticada, permitindo o desenvolvedor criar um produto comercializável e apenas depois, quando o projeto já obtiver lucro, deve-se pagar 5% de royalties, a partir dos primeiros US$ 3.000 em ganhos.

Os requisitos de sistema para usá-la são:

  • Sistema operacional: Windows 7 SP1 +, 8, 10, apenas versões de 64 bits; Mac OS 10.13+, Ubuntu 15.04+.
  • CPU: Quad-core Intel or AMD, 2.5 GHz ou mais.
  • Memória RAM: 8GB RAM.
  • GPU: DirectX 11 compatible graphics card.

Obs: Vale ressaltar que tudo depende da complexidade dos seus projetos.

Opinião Pessoal

A Unreal Engine é uma excelente ferramenta, principalmente agora que a empresa disponibilizou ela de forma gratuita. Infelizmente não foi uma engine que usei muito pelo fato que era paga, porém vejamos alguns pontos positivos e negativos que separei:

Pontos Positivos

  • Possui uma bela interface muito intuitiva e totalmente customizável.
  • Possui muitas ferramentas disponíveis na engine, tanto graficamente quanto opções para editar objetos.
  • A engine é em português, diferentemente de outras que também poderiam ter o suporte em nosso idioma. Isso deve-se a comunidade brasileira usar bastante essa engine.
  • É possível criar jogos sem entender de programação.

Pontos Negativos

  • Jogos desenvolvidos pela engine se tornam muito pesados, por mais simples que seja seu projeto.
  • Suporta apenas C++ como linguagem de programação.
  • Se você quiser vender seus jogos é necessário pagar uma porcentagem para a empresa depois de atingir um certo valor de vendas.

Para maiores informações, o site oficial é o (https://www.unrealengine.com/).

Veja alguns jogos produzidos com a Unreal Engine:



Construct 3

https://www.construct.net/br

O Construct 3 é uma engine muito conhecida por desenvolvedores independentes, atendendo tanto a iniciantes quanto a profissionais, tendo seu foco voltado para jogos 2D.

Uma das características mais fortes do Construct 3 é que, de forma similar à Unreal Engine, ele dispensa conhecimentos avançados de programação trazendo consigo uma ótima biblioteca de elementos visuais e sonoros que funciona basicamente com clique e arraste do mouse.

O Construct 3 permite você exportar seus projetos para Web (Scirra Arcade, HTML5), mobile (Android, iOS, Windows), desktop (NW.js) e Console(Xbox One).

Sobre o licenciamento a SCIRRA, empresa que desenvolveu a ferramenta, disponibiliza quatro versões. Vejamos:

  • Free Trial (com bastantes restrições e um limite de 50 eventos por projeto para usuários cadastrados);
  • Personal Licenses (R$ 31,99/mês);
  • Business Organizations (R$ 499,99/ano) ;
  • Education Organizations (Para todos os tipos de institutos e organizações educacionais);

Os requisitos de sistema para usá-lo são:

  • Sistema operacional: qualquer sistema que possua suporte ao Google Chrome v57+.
  • CPU: Processadores com 2.0 GHz ou mais.
  • Memória RAM: 2GB RAM.

Opinião Pessoal

Embora eu não tenha trabalhado muito com o Construct 3, ela é uma ferramenta muito boa para se “tomar gosto pela coisa”, mas particularmente não seria uma ferramenta que eu investiria todo meu tempo pois acredito que ela seja mais indicada para crianças. Vejamos alguns pontos positivos e negativos:

Pontos Positivos

  • Interface bonita e muito fácil de utilizar.
  • É possivel criar jogos sem saber programar.
  • É de fácil aprendizado.
  • Possui um editor de imagens embutidos.
  • Cria jogos de maneira rápida.
  • Possui um sistema de criação de sprites.

Pontos Negativos

  • Versão gratuita muita limitada.
  • Não pode comercializar seus jogos na versão gratuita.
  • É uma engine muito cara.

Para maiores informações, o site oficial é o (https://www.construct.net/br).

Abaixo estão alguns jogos produzidos com o Construct:



Corona SDK

https://coronalabs.com/

O Corona SDK é uma ferramenta excelente para desenvolvimento de jogos mobile em 2D. Ela usa a linguagem de programação Lua que é uma linguagem muito simples e que tem uma linha de aprendizado muito boa. Além disso, por ser uma linguagem de scripting, evita-se a compilação do código tornando o desenvolvimento mais rápido.

Com o Corona é possível exportar os projetos tanto para Android quanto para iOS.

Essa excelente ferramenta é totalmente gratuita, mas a empresa fornece uma outra solução chamada Corona Enterprise que é umaopção para quem deseja gastar pouco e ao mesmo tempo ter um ferramenta completa para o desenvolvimento dos jogos. Essa solução fornece o “algo a mais” que os desenvolvedores precisam para ter acesso a bibliotecas nativas dos dispositivos (que o Corona SDK não fornece) além de permitir a remoção da “splash screen” (obrigatória na versão grátis), entre outras vantagens. Seu custo é de US$79,00/mês.

Os requisitos de sistema para usá-la são:

  • Sistema operacional: Windows 7 SP1 +, 8, 10; Mac OS 10.9+.
  • CPU: Suporte para o conjunto de instruções SSE2.
  • Memória RAM: 4GB RAM.

Opinião Pessoal

Essa foi uma das primeiras ferramentas de desenvolvimento de jogos que utilizei e por mais que seja uma ferramenta que possibilita desenvolvimento só para mobile acho que é uma ótima opção para quando se está começando na área de desenvolvimento de jogos de uma forma mais “séria”, visto que será necessário usar a linguagem de programação para conseguir os resultados. Veja alguns pontos que separei:

Pontos Positivos

  • É um framework que permite criar jogos poderosos.
  • O desenvolvimento é feito em Lua, uma linguagem de scripting poderosa e fácil de aprender.
  • Os plugins do Corona dão aos desenvolvedores acesso à funcionalidades adicionais e serviços.
  • O teste e debug acontece no seu computador, antes mesmo de publicar para os dispositivos.
  • É possível desenvolver com facilidade e rapidez jogos multiplataforma, onde o jogo é projetado e programado apenas uma vez, e funciona sem modificações no iPhone e Android.

Pontos Negativos

  • A maior desvantagem é que o material é todo em inglês, algo que para quem está começando pode ser um pouco intimidador.
  • O Corona SDK só exporta jogos para Android ou iOS.

Para maiores informações, o site oficial é o (https://coronalabs.com/).

Abaixo estão alguns jogos produzidos com o Corona SDK:



CryEngine

https://www.cryengine.com/

A CryEngine é uma engine de desenvolvimento de jogos 3D (originalmente desenvolvida pela CryTek) e tem como linguagens de programação o C++C# e Lua. Essa engine conta com muitos modelos livres que podem ser usados na criação dos seus projetos e também sua comercialização.

Com a CryEngine podem ser desenvolvidos jogos para PC (Windows, Linux, Mac OS) e Console (Xbox One, PS4).

Com a atualização do CryEngine 5 a ferramenta ficou totalmente gratuita e sem custo em royalties sobre seu desenvolvimento, porém ela disponibiliza dois planos mensais para desenvolvedores que procuram acesso a recursos adicionais e suporte personalizado. Para mais informações acesse (https://www.cryengine.com/get-cryengine/memberships).

Os requisitos de sistema para usá-la são:

  • Sistema operacional: Windows 7, 8.1, 10 (64-bit).
  • CPU: Intel Quad-Core (i5 2300) ou AMD Octo-Core (FX 8150).
  • Memória RAM: 8GB RAM.
  • GPU: NVIDIA GeForce 660Ti ou maior, AMD Radeon HD 7950 ou maior (minimo 2 GB dedicado VRAM GDDR5).

Obs: vale ressaltar que tudo depende da complexidade dos seus projetos.

Opinião Pessoal

Eu não tive muitas oportunidades para usá-la, pelo simples fato de até um tempo atrás não ter um computador com configurações suficientes para rodar essa engine de forma eficaz. Apesar disso, vou citar alguns pontos que observei:

Pontos Positivos

  • Tem uma interface muito bonita e organizada.
  • Muitos modelos livres que já vem na engine que podem ser usado na hora de comercializar seu jogo.
  • Fácil criação de terrenos e cenários para seus jogos.
  • É possivel vender jogos sem precisar pagar uma porcentagem para empresa.

Pontos Negativos

  • Muito pesada.
  • Sem suporte para mobile.
  • Pouco conteúdo em português em comunidades ou em cursos.

Para maiores informações, o site oficial é o (https://www.cryengine.com/).

Abaixo estão alguns jogos produzidos com a CryEngine:



Unity

https://unity3d.com/pt

A Unity é uma engine muito conhecida e grande parte dos jogos de navegadores é desenvolvida com ela. Essa engine permite desenvolver jogos tanto em 2D quanto em 3D, mesmo sem ter um conhecimento avançado em programação. Sua principal concorrente é a Unreal Engine citada no início desse post.

Com a Unity podem ser desenvolvidos jogos para produtos da Apple (Mac, iPhone, iPod, iPad), da Microsoft (Xbox, Windows), da Google (dispositivos com Android), da Sony (Playstation 4), da Nintendo (Wii) e para navegadores Web (Mozilla Firefox, Google Chrome, Opera e Safari).

Atualmente ela possui três tipos de licença:

  • Pessoal (Grátis)
  • Plus (R$ 80/mês)
  • Pro (R$ 400/mês)

Os requisitos de sistema para usá-la são:

  • Sistema operacional: Windows 7 SP1 +, 8, 10, apenas versões de 64 bits; Mac OS X 10.9+. (Windows XP & Vista não são compatíveis; e as versões de servidor de Windows & OS X não estão testadas).
  • CPU: Suporte para o conjunto de instruções SSE2.
  • Memória RAM: 4GB RAM.
  • GPU: com suporte a DX9 (shader model 3.0) ou DX11 com suporte a feature level 3.0.

Obs: vale ressaltar que tudo depende da complexidade dos seus projetos.

Opinião Pessoal

Sem querer puxar o saco, essa engine é excelente e é a que mais uso no momento (ela por sinal foi a engine que usei no desenvolvimento de um jogo de realidade virtual para Android no meu TCC), mas enfim, veja alguns pontos que separei:

Pontos Positivos

  • Tem uma bela interface na hora de desenvolver seu jogo.
  • A utilização do software é fácil e tem a possibilidade de deixá-lo todo personalizado ao seu estilo, mesmo que na minha opinião eu ache isso ainda um pouco limitado.
  • Consegue entregar jogos com gráficos de última geração.
  • Usa C# e Java como linguagem de programação.
  • Comunidade muito boa na Internet, sendo fácil de achar vários tutorias e conteúdo falando sobre a engine.

Pontos Negativos

  • Infelizmente a Unity não modela personagens, sendo assim você terá que importá-los de outras ferramentas que fazem esse papel.
  • É necessário saber programar, ao contrário de outras ferramentas que possibilitam o desenvolvimento sem esse conhecimento.
  • Se você quiser vender seus jogos precisa pagar uma porcentagem para a empresa depois de atingir um certo valor nas vendas.

Para maiores informações, o site oficial é o (https://store.unity.com/pt).

Abaixo estão alguns jogos produzidos com a Unity:



Enfim, essas são algumas ferramentas de muitas disponíveis no mercado. Em breve postarei mais sobre cada engine para que na hora de desenvolver seu jogo você possa fazer uma boa escolha e tenha conhecimento suficiente para dar os primeiros passos.

Aproveitando, caso tenha alguma dúvida em relação a esse post ou mesmo sobre o desenvolvimento de jogos não hesite em deixar sua pergunta ou comentário aqui abaixo, ok?

É isso. Até a próxima!