Novidades no Unity 2019.1 beta já disponível

Eae, pessoal! Vamos conferir algumas das novidades disponíveis no beta da Unity 2019.1.

Nesse beta já foi incluído um melhor controle sobre o editor e melhorias na sua velocidade potencial de iteração ao desenvolver para o Android e seus fluxos de trabalho em geral. 

Garbage Collection (Experimental)

Foi incrementado o Garbage Collection (Experimental)  uma alternativa experimental ao Garbage Collector existente. Com o novo recurso é possível dividir seu trabalho em varias partes.

Em vez de ter uma única interrupção longa da execução do seu programa para permitir que o GC faça seu trabalho, você pode ter várias interrupções muito mais curtas. Embora isso não torne o GC mais rápido no geral, ele pode reduzir significativamente o problema de picos de GC quebrando a suavidade das animações em seu projeto, distribuindo a carga de trabalho por vários quadros.

Gerenciador de atalhos

Uma nova interface visual interativa e um conjunto de APIs foi adicionada ao Shortcut Manager para facilitar o gerenciamento das teclas do editor, atribuí-las a diferentes contextos e visualizar as vinculações existentes.

Para resolver o problema dos conflitos de ligação, a interface também pode visualizar se vários comandos usam a mesma ligação e permitem que você faça o remapeamento de acordo.

GPU Lightmapper Functionality (Preview)

O 2019.1 traz funcionalidades adicionais e suporte de plataforma ao GPU Lightmapper (preview). Agora ele está habilitado no macOS e no Linux e suporta flags GI de dupla face em materiais, bem como sombreamento e recebimento em malhas.

O Baking agora usa a mesma GPU de alto desempenho que o Editor. Você ainda pode alterar isso para uma GPU diferente usando a linha de comando.

Visibilidade da cena

Outra novidade são os os controles SceneVis que permitem ocultar rapidamente e mostrar objetos na Scene View, sem alterar a visibilidade do objeto no jogo. À medida que uma cena se torna mais detalhada, geralmente ajudar a ocultar ou isolar temporariamente objetos específicos, permitindo que você visualize e edite sem obstruções torna seu trabalho mais fácil.

O SceneVis permite isto através de ferramentas de hierarquia e atalhos de teclado, além de uma barra de ferramentas para habilitar ou desabilitar rapidamente os efeitos.

Melhorias de Partículas

Algumas melhorias foram adicionadas no sistema de Particle. Agora é possível manipular dados de partículas usando o C # Job System, sem copiar dados de partículas entre script e código nativo.

Além disso, também foi adicionado algumas melhorias às partículas de malha, dando um maior controle sobre quais malhas são atribuídas a quais partículas.

Android SDK e NDK instalados com o Unity Hub

O Hub agora oferece a opção de instalar todos os componentes necessários para o Android como parte da opção “Android Build Suppor”, portanto, você tem a certeza de obter as dependências corretas e não precisa reunir e instalar qualquer outra coisa. Se você for um usuário avançado do Android, ainda poderá instalar e configurar os componentes manualmente e usar o Android Studio. 

Além disso, observe que, a partir de 2018.3, o “Android Build Support” vem com seu próprio Java Runtime baseado no OpenJDK.

Integração do Android Logcat 

O Android Logcat Package é um utilitário para exibir mensagens de log provenientes de dispositivos Android no Unity Editor, facilitando a depuração controlando e filtrando as mensagens diretamente no Unity.

Iteração mais rápida com os Scripts Aplicando Apenas Patches no Android

Para executar iterações mais rápidas durante o desenvolvimento, o editor Unity oferece a opção Scripts Only Build, que pula muitas etapas no processo de compilação e recompila somente os scripts, depois constrói o pacote final e implanta depois de selecionar “Build And Run”.

Agora ele permite que você corrija o pacote do aplicativo (APK, Android apenas) em dispositivos de destino em vez de reconstruí-lo e reimplementá-lo, portanto, quando você estiver interagindo com seu código C #, somente bibliotecas recopiladas serão enviadas ao dispositivo. Observe que uma compilação completa do projeto deve estar disponível antes que o Unity possa executar um “Scripts Only Build”.

Melhorias no Console do Editor

O console do editor foi atualizado com links de rastreamento de pilha clicáveis ​​que o levarão à linha do código-fonte para todas as chamadas de função listadas na pilha e à pesquisa textual para filtrar as entradas do console.

Timeline Signals

Os Timeline Signals são uma maneira fácil de o Timeline interagir com objetos na cena. Usando um emissor de sinal e um ativo de sinal, você pode acionar um receptor de sinal em um objeto de jogo que definirá um conjunto de reações pré-configuradas para sua linha de tempo.

Os Signal Emitters podem ser criados na nova área do Marcador, em qualquer tipo de pista e em novas faixas de sinal. Eles são totalmente personalizáveis.

Em seguida, use os componentes Signal Receiver para acionar reações contextuais pré-definidas em seus objetos de jogo.

Outras mudanças e melhorias

O Unity 2019.1 beta também inclui suporte para transcodificação Video H.265, OptiX AI Denoiser da Nvidia, OpenGL ES 3.2 e vários exemplos de importância de ambientes com o lightmapper da CPU entre vários outros recursos e melhorias. Você encontrará uma lista completa de todos os novos recursos, melhorias e correções de bugs incluídos no lançamento nas notas de versão.

Por favor, note que as versões minimamente exigidas do macOS e do Ubuntu que suportam o Unity 2019.1 e os projetos feitos com ele foram aumentadas para o macOS 10.12 e Ubuntu 16.04.

Então é isso, caso tenha alguma dúvida em relação a esse post não hesite em deixar sua pergunta ou comentário aqui abaixo, ok?

Um forte abraço e até a próxima!